Prematuridade: saiba os cuidados que os pequenos necessitam

Prematuridade: saiba os cuidados que os pequenos necessitam

Tempo de leitura:3 minutos

O prematuro é a criança que nasce antes da idade gestacional adequada, ou seja, antes de completar 37 semanas de gestação. Inclusive, de acordo com sua prematuridade, o neonato ainda pode ser classificado em três situações: 

  • Prematuro limítrofe – Nascido entre 36 e 37 semanas de idade gestacional.
  • Prematuro moderado – Nascido entre 31 e 36 semanas de idade gestacional.
  • Prematuro extremo – Nascido entre 24 e 30 semanas de idade gestacional.

Embora indesejado, o evento pode ocorrer com certa frequência. Por ano, cerca de 30 milhões de bebês nascem prematuramente; desse número total, 1,2 milhão nascem somente nas Américas. 

E considerando as necessidades especiais que estes casos requerem, desde 2011 o dia 17 de novembro é considerado o Dia Mundial da Prematuridade, visando conscientizar a população sobre a atenção necessária a ser dada para bebês prematuros e suas famílias e a qualidade do acompanhamento gestacional pelo serviço de saúde, para que consigamos, em conjunto, avançar em políticas públicas que abordem esses casos.

Para exemplificar os casos de prematuridade, é importante que abordemos este tema falando da dificuldade inicial do bebê prematuro: sua vulnerabilidade. O recém-nascido prematuro encontra muito mais dificuldade nos primeiros momentos de vida do que um bebê nascido à termo, pois seus sistemas fisiológicos podem encontrar-se organicamente imaturos – necessitando, por assim, de cuidados especiais. 

O seguimento da área da saúde responsável por cuidar dos bebês prematuros é a própria Atenção Primária, exigindo um alto nível de empenho e capacidade dos profissionais que a compõe, focando primordialmente na atenção integral ao neonato e sua família, considerando que a rede familiar necessitará de grande apoio para completar o desenvolvimento pleno do ser humano prematuro a ser cuidado.

Todavia, dependendo do quadro clínico de cada paciente, principalmente se tratando de bebês egressos a UTI Neonatal, a criança pode circular entre os três níveis de atenção à saúde. 

Inclusive, em alguns casos de prematuridade, o cuidado e acompanhamento focado no caso inicia-se antes mesmo do nascimento, considerando a possível identificação de uma gravidez de risco durante o pré-natal realizado na atenção primária em saúde. 

Tendo uma adequada abordagem do grupo de profissionais da saúde, os casos de prematuridade tendem a se recuperar completamente e fornecem uma considerável chance de desenvolvimento normal para os bebês. Todavia, é importante ressaltar que os prematuros possuem, à medida em que crescem, maior risco de desenvolver dificuldades de aprendizagem e comportamento, deficiências motoras, problemas respiratórios crônicos, doenças cardiovasculares ou diabetes. 

Ademais, como passos para prevenir uma gestação prematura, temos os seguintes passos a serem seguidos: 

  • Realizar o acompanhamento pré-natal;
  • Manter hábitos saudáveis;
  • Não fazer uso de álcool, fumígenos ou qualquer outra substância química que não seja indicada pelo seu médico;
  • Verificar níveis de vitaminas e repô-las, caso necessário; 
  • Manter vacinação adequada de acordo com calendário do SUS. 

Portanto, é primordial que todos nós adotemos o calendário gestacional da maneira adequada. Realizar o acompanhamento pré-natal de seu bebê diminui drasticamente a possibilidade de prematuridade e, além disso, aumenta as chances de uma melhor recuperação mesmo caso o bebê nasça prematuro, devido a fácil identificação de um problema e o planejamento adequado para tratá-lo. 

BIBLIOGRAFIA:
https://www.dradenisemuniz.com.br/post/5-formas-de-evitar-um-parto-prematuro
https://www.saude.pr.gov.br/Pagina/Cuidados-com-o-
https://bvsms.saude.gov.br/17-11-dia-mundial-da-prematuridade-separacao-zero-aja-agora-mantenha-pais-e-bebes-prematuros-juntos/
https://sp.unifesp.br/epm/noticias/prematuridade-atencao-primaria-e-followup
https://www.paho.org/pt/campanhas/mes-da-prematuridade-2022-promovemos-contato-pele-pele

Assine nossa Newsletter!

Notícias do setor e as últimas novidades da Alper Seguros em primeira mão para você: