Educação x Saúde Financeira – Como se planejar para o próximo ano?

Educação x Saúde Financeira – Como se planejar para o próximo ano?

Tempo de leitura:3 minutos

Tão importante quanto a busca pela nossa saúde física, é essencial atentarmos também para a nossa saúde financeira. Uma pessoa com boa saúde física é aquela que se previne contra as doenças e tem disposição e alegria para realizar suas atividades diárias. Ela costuma ter uma alimentação saudável, dormir bem, praticar exercícios e ter momentos de qualidade com os amigos e com a família. Mas sem precisar abrir mão de pequenos prazeres. A saúde financeira é similar, mas com o olhar voltado à relação que temos com o nosso dinheiro e não ao corpo.

O Ano Novo está chegando e, com ele, costumam vir os planos. Os clássicos são aqueles de ter mais dinheiro e cuidar melhor da saúde. O problema é que nem sempre sabemos colocar em prática nossas promessas. E aí muitos projetos acabam abandonados no meio do caminho.

Pensando em te ajudar a entender um pouco mais sobre Saúde Financeira, preparamos esse conteúdo, para você aprender como mudar seus hábitos, se organizar, ter uma relação boa com o seu dinheiro e se planejar para o próximo ano. Confira!

O que é saúde financeira?

Mais do que educação financeira, saúde financeira tem a ver com os hábitos e comportamentos que moldam a relação pessoal que cada um de nós tem com o dinheiro. Esse tipo de saúde pode não ser o mais importante da vida do ser humano, mas é o que dá suporte para que possamos encontrar bem-estar em outros aspectos da vida: físico, mental e social.

Possui uma vida financeira saudável a pessoa que tem suas finanças equilibradas, que consegue arcar com seus gastos essenciais, despesas não essenciais e está preparada para lidar com gastos não previstos. Ter equilíbrio nas finanças significa adequar suas despesas e metas de vida com sua renda atual, independentemente de quanto ela seja.

Saúde financeira x educação financeira

Saúde financeira e educação financeira até parecem ser a mesma coisa, mas não são. A educação financeira é o caminho que irá te levar à saúde financeira, pois se refere ao nível de informação que uma pessoa precisa ter para saber se relacionar com o dinheiro e fazer escolhas assertivas.

Para atingir a saúde financeira, que é organizar a vida financeira e equilibrar as contas, é preciso contar com a educação financeira, que fornece as ferramentas e informações necessárias para aprender a lidar com o dinheiro.

Saúde Financeira x saúde física x saúde mental x saúde social

A saúde financeira impacta e é uma importante base para outros tipos de saúde, como a mental, a física e social. A explicação é simples: o dinheiro paga a academia para a prática de atividades físicas, os alimentos saudáveis, bons médicos e remédios, terapias, além de proporcionar boas noites de sono e maior concentração e tranquilidade durante o dia, promovendo bem-estar e maior qualidade de vida.

Por outro lado, é muito comum vermos pessoas que não têm ideia da sua situação financeira. Não sabem quanto ganham e muito menos quanto gastam por mês. Esse tipo de comportamento e desorganização financeira pode gerar diversos problemas nos mais diversos campos em suas vidas. Alguns deles são:

  1. Preocupação excessiva;
  2. Endividamento e cobranças constantes;
  3. Estresse;
  4. Ansiedade;
  5. Depressão;
  6. Insônia;
  7. Brigas e afastamento social;
  8. Falta de perspectiva;
  9. Doenças físicas relacionadas ao estresse;
  10. Baixa produtividade no trabalho;
  11. Incapacidade de realizar planos;
  12. Endividamento e cobranças constantes;
  13. Bloqueio de acesso ao crédito;
  14. Dependência de familiares;
  15. Problemas judiciais por conta de dívidas.

Dicas para ter saúde financeira

Qualquer pessoa pode buscar e conquistar sua saúde financeira, independentemente de sua renda ou classe social. Não existe uma fórmula perfeita para ter saúde financeira. Isso vai variar de indivíduo para indivíduo, afinal, cada um sabe das suas necessidades e do tamanho dos seus sonhos. Existem, contudo, alguns hábitos que podem auxiliar na manutenção da sua saúde financeira:

  1. Ter uma ou mais fontes de renda;
  2. Ter um controle financeiro e analisar receitas e despesas regularmente;
  3. Reservar um pouco dos ganhos para a poupança;
  4. Gastar menos do que ganha;
  5. Pagar as contas em dia;
  6. Ter uma reserva de emergência;
  7. Fazer planos de curto, médio e longo prazo;
  8. Comprar com consciência;
  9. Planejar a aposentadoria;
  10. Reservar parte do dinheiro para o lazer e aproveitá-lo sem culpa.

Reserve um tempo na sua semana para olhar para o seu dinheiro e checar como vão as coisas. Foque em estudar e adquirir conhecimento no assunto para saber como fazer as melhores escolhas financeiras. Após se informar, é hora de colocar tudo o que aprendeu em prática, fazendo seu planejamento financeiro, definindo seus objetivos e traçando estratégias para alcançá-los.

Esperamos que essas dicas possam te ajudar a iniciar o ano livre das dívidas, pronto para organizar seu orçamento e equilibrar suas finanças, melhorando sua relação com o dinheiro, com seus sonhos e sua satisfação com a vida no geral.

REFERÊNCIAS:

https://www.serasa.com.br/limpa-nome-online/blog/o-que-e-saude-financeira-e-como-melhorar-a-sua/

https://zenklub.com.br/blog/recursos-humanos/o-que-e-saude-financeira/

https://www.onze.com.br/blog/saude-financeira/

Assine nossa Newsletter!

Notícias do setor e as últimas novidades da Alper Seguros em primeira mão para você: