Como fazer Fusões e Aquisições? Confira!

Como fazer Fusões e Aquisições? Confira!

Tempo de leitura:3 minutos

No mundo dos negócios, empresas de médio e grande porte podem trocar de mãos em algum momento. Unir forças com outros negócios e fazer compras estratégicas é muito importante para aumentar seu alcance. É nesse contexto que ocorrem as Fusões e Aquisições de empresas.

Se você tem um negócio de sucesso e deseja expandir seu mercado, essa é uma ótima opção. Você pode diversificar sua área de atuação, consolidar sua posição no mercado ou mesmo buscar um negócio que seja complementar ao seu negócio atual. Basta saber como conduzir esse processo.

Acompanhe e entenda o que são Fusões e Aquisições de empresas e como realizá-las com segurança.

O que são Fusões e Aquisições?

A fusão, como o nome indica, é a união estrutural de duas empresas para formar uma única entidade jurídica. As duas empresas originais desaparecem e dão lugar a uma nova, que terá toda a sua infraestrutura.

A aquisição, por outro lado, é quando uma empresa faz a compra de outra. Nesses casos, a empresa adquirida pode deixar de existir e seus recursos serem incorporados à empresa compradora, mas nem sempre é o caso. Ela pode continuar existindo, mas seguindo outro direcionamento empresarial.

Como realizar Fusões e Aquisições de empresas?

O processo de fusão ou aquisição de empresas não é simples, envolvendo diversos estágios para garantir a segurança do seu investimento. Veja aqui os principais passos envolvidos e como eles se desenvolvem.

Análise e planejamento

Nesse primeiro estágio, o mais importante é fazer um planejamento e análise das empresas envolvidas e definir se a aquisição ou fusão são as melhores opções. Se for o caso, você deve elaborar uma Carta de Intenção, que explica seu desejo de compra ou fusão, e um Memorando de Entendimento, que é um contrato preliminar a ser analisado pelas partes envolvidas. Também é recomendado fazer um Acordo de Confidencialidade entre as empresas.

Valuation

Esse é o processo de avaliação do valor financeiro da empresa, o qual vai determinar o custo de aquisição ou o valor de cada parte em uma fusão. É feita uma análise não apenas de seu patrimônio e valor de mercado, mas também de toda a sua saúde financeira.

Negociação e diligência

Nesse ponto, é realizada a negociação entre os proprietários para definir os termos da fusão ou aquisição. Isso inclui o valor, taxas e outras condições. Em seguida, ocorre um processo de diligência, com auditoria de todos os pontos definidos e implementação dos processos legais exigidos.

Fechamento do negócio

Cumprindo todas as exigências prévias, deve haver o fechamento formal do negócio. É realizado o pagamento e assinatura do contrato por ambas as partes. Também deve haver o pós-fechamento, que envolve todos os processos legais para reconhecer a mudança.

As Fusões e Aquisições de empresas não são isentas de risco. Investir em segurança é fundamental para assegurar o sucesso do seu investimento. Por isso é indicado contratar um serviço de seguro para essa transação. Assim, caso haja alguma inconsistência ou perda resultante do processo, você pode minimizar o seu prejuízo.

Se você está em busca de um seguro para realizar Fusões e aquisições em seu negócio, entre em contato com a Alper Seguros agora mesmo e conheça nossos serviços.

Assine nossa Newsletter!

Notícias do setor e as últimas novidades da Alper Seguros em primeira mão para você: